Moradores de rua em Salvador

Salvador é a terceira maior cidade do Brasil em população, com mais de três milhões de habitantes, e o número de crianças, adolescentes e adultos que moram nas ruas ainda é considerado alto. Uma pesquisa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome realizada entre Outubro de 2007 e Janeiro de 2008 indicou a presença de 3,2 mil pessoas vivendo nas ruas de Salvador. Por base nessa pesquisa outra intitulada de População em Situação de Rua de Salvador foi realizada no ano de 2009, pela  Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (Setad), em parceria com o Ministério Público estadual e a Fundação José Silveira com objetivo contabilizar o número, traçar o perfil e as condições de vida dos moradores de rua da cidade. Os dados da pesquisa divulgado através da Secretaria  Municipal do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (Setad), revelou que vivem nas ruas de salvador 2.076 pessoas. (http://www.mp.ba.gov.br)

A pesquisa se realizou através de entrevistas com os moradores de rua, que em sua maioria são homens (79,8%), negros (49%) e com idades de 18 a 39 anos (70,2%). Mulheres, crianças e adolescentes somam (10,5%).  Grande parte desses moradores tem origem urbana, pois nasceram na capital ou na região metropolitana de Salvador (89,6%). Foi constatado que (80%) desses moradores trabalham, em sua grande maioria, catando materiais recicláveis.

Outro fator revelado e preocupante é que a maioria desses moradores não tem documentos básicos para atos civis e para o exercício da cidadania, pois entre os pesquisados, (44%) possuem carteira de identidade, (29%) tem CPF, (52,7%) possuem certidão de nascimento, (27,4%) tem o titulo de eleitor e (22,8%) possuem carteira de trabalho.

A motivação de morarem na rua, segundo o levantamento feito, em primeiro lugar aponta que (50%) deles tiveram algum tipo de problema afetivo ou familiar, em segundo por causa consumo de drogas e álcool (44,2%) e em terceiro pela falta de oportunidade de emprego (21,1%). As localidades onde mais se concentram essa população é decorrente das regiões da cidade onde há grande atividade comercial e produtiva, pela grande circulação de pessoas e de veículos. A Cidade Baixa é a localidade que mais abriga moradores de rua com 620 pessoas, seguida da Baixa dos Sapateiros, Pelourinho, Barroquinha e Barbalho somando 487.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: